Terça-feira, 18 de Setembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
«Turismo pode tirar Portugal da crise»
2006/04/12

O Turismo pode ser o sector chave para ajudar a tirar Portugal da crise profunda em que se encontra. Esta foi uma das ideias fortes da sessão de apresentação de estudo «Reinventando o Turismo em Portugal – Estratégia de Desenvolvimento Turístico no I Quartel do Século XXI» que ontem decorreu no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro, noticia o Diário de Aveiro.

«José Poças Esteves, responsável da SaeR, empresa responsável pela elaboração do estudo, defendeu a existência de uma «descontinuidade na economia portuguesa» que ainda vai levar vários anos até ser ultrapassada. Segundo ele, «esta crise é diferente das outras que vivemos até agora, porque se prende com a alteração dos modelos conhecidos. Não se trata de uma crise típica de dois ou três anos, esta vai durar pelo menos sete anos». E porque os paradigmas estão igualmente a mudar, Poças Esteves reiterou a sua convicção de que «o Turismo poderá ser a solução». Para o técnico, Portugal tem que perceber isto rapidamente, enquanto «estamos numa fase inicial deste processo de mudança nos diversos sectores tradicionais cuja configuração será completamente alterada».

A ideia seria partilhada por Atílio Forte, da Confederação do Turismo Português (CTP), para quem, antes de mais, urge «mudar as mentalidades». «Se não estivermos – agentes privados, Estado e população, disponíveis para mudar, então nada poderá ser feito», alertou. Atílio Forte destacou as três áreas preconizadas pela equipa de trabalho da SaeR, a começar pela criação de um compromisso nacional para o Turismo, seguida da definição e criação do modelo orgânico e estrutural onde vai assentar este compromisso, e em terceiro lugar, a operacionalização plasmada em 45 propostas concretas para aplicar no terreno.

O responsável da CTP aproveitou para apelar outra vez à mudança, «para fazer aquilo que ainda não fizemos e que os nossos concorrentes irão fazer e então iremos definhar e morrer».

A obra, que se encontra já à venda e deverá ter uma segunda edição em breve, dada a sua procura, foi considerada pelo presidente da Região de Turismo da Rota da Luz (RTRL), Pedro Silva, de «muito importante, porque faz o ponto da situação e perspectiva o futuro de um sector crucial». Pedro Silva disse estar certo de que «os agentes e actores do Turismo em Portugal estarão com certeza à altura deste desafio que se nos coloca», anunciando que a RTRL deverá avançar muito em breve para a aplicação do Plano Estratégico de Turismo.

Na sessão de apresentação do estudo estiveram ainda presente, Luís Alves de Sousa, presidente da Associação de Hotéis de Portugal, e José Manuel Alves, presidente da Agência Regional de Promoção de Turismo do Centro de Portugal.» (Diário de Aveiro)

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind