Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Decisão de sete milhões até Junho
2006/02/24

O presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Alfredo Rodrigues Marques, afirmou, ontem, que até Junho deve ser tomada uma decisão sobre a candidatura de ajuda financeira de sete milhões de euros à Câmara de Estarreja para financiamento da primeira fase do Ecoparque Empresarial de Estarreja, que já se encontra construída, noticia o JN.

«Alfredo Rodrigues Marques visitou, ontem de manhã, pela primeira vez o Ecoparque Empresarial acompanhado pelo presidente da autarquia, José Eduardo Matos, e de técnicos da Câmara e da CCDRC.

O Ecoparque Empresarial é considerado uma alavanca do desenvolvimento do município de Estarreja, representando um investimento (já feito) de dez milhões de euros, totalmente a expensas da autarquia.

A primeira fase contempla 27 lotes com áreas compreendidas entre os 3000m2 (a maioria) e os 520000m2 que estão a ser vendidos a preços considerados competitivos na região.

O projecto global , cujas cinco fases previstas tiveram que ser subdivididas, representa um investimento estimado de 25 milhões de euros, em infra-estruturas e compra de terrenos. A autarquia vai ser obrigada a expropriar, dentro de dias, uma vintena de lotes, por não ter conseguido contactar os proprietários para poder avançar com o projecto que em termos globais deverá ocupar uma área de 483 hectares

"Um terço do lotes disponíveis já estão comprados e há negociações em curso com empresas, o que pode originar que 80% do Ecoparque venha em breve a estar ocupado", disse, ao JN, o presidente da autarquia, Eduardo Matos.

O projecto do Ecoparque Empresarial foi classificado pelo presidente da CCDRC como "de grande qualidade".

"A CCDRC vai ajudar no que puder, estando previsto para o Ecoparque um apoio ainda no plano actual e, em Junho, deve haver uma decisão", referiu Alfredo Rodrigues Marques, salientando que "existe cobertura financeira, embora não seja tão grande como isso".

O Ecoparque Empresarial de Estarreja terá ainda uma incubadora de empresas e uma área social. Aumentar a capacidade competitiva da região, melhorar a produtividade empresarial, estimular a fixação de investidores e a criação de emprego capaz de fixar a população jovem são alguns dos desafios da autarquia.» (JN)

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind