Domingo, 23 de Setembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Aveiro disputa fábrica da IKEA
2006/01/25

A nova fábrica de mobiliário do grupo sueco IKEA pode vir a ser instalada em Aveiro, representando um investimento de 32 milhões de euros e 220 postos de trabalho, contudo é apenas uma das vinte localizações possíveis até Valença, enquanto a decisão final ainda não está tomada, noticia o Diário de Aveiro.

Segundo o director geral da Ikea Ibérica, André de Wit, «há 20 localizações possíveis, entre Aveiro e Valença».

A opção da multinacional será tomada até Junho, apurou o Diário de Aveiro, depois do memorando de entendimento assinado este mês entre a empresa e a Agência Portuguesa para o Investimento, respeitante aos próximos investimentos do grupo sueco em Portugal.
Segundo uma nota da Agência Portuguesa para o Investimento (API), a unidade fabril Swedwood na zona norte de Portugal, «terá como objectivo a produção de mobiliário destinado ao mercado de exportação, nomeadamente o fornecimento da cadeia de lojas do grupo na Península Ibérica e Bacia Mediterrânica».

Para a escolha do nosso país na localização da nova unidade fabril, a API, como promotora do investimento da empresa em Portugal, refere a prestação de apoios à formação profissional e benefícios fiscais por um período de dez anos «em função da rentabilidade da fábrica», segundo o presidente Basílio Horta.

No memorando é manifestada a intenção de um investimento de 450 milhões de euros até 2010, o qual envolve áreas comerciais e industriais, numa primeira fase de expansão, ao longo dos próximos 4 anos, criando «mais de 1.650 postos de trabalho directos e qualificados, para além de um número relevante de empregos indirectos». O investimento global integra a instalação de uma unidade fabril, a construção de 3 novas lojas IKEA, para além da já existente IKEA de Alfragide; uma das quais, em Matosinhos que abrirá as portas em 2007. Até 2010 deverá construir dois centros comerciais, um deles ligado à loja de Matosinhos, e um segundo agregado a uma das futuras lojas IKEA de Lisboa.

Numa segunda fase, até 2015, a IKEA contempla a abertura de mais 2 lojas, o que supõe um investimento adicional de 100 ME e a criação de um mínimo de 1000 novos postos de trabalho.

A IKEA está presente em Portugal desde 1974, com um escritório de compras, em Leça da Palmeira. Os produtos são comercializados em em 220 lojas em 33 países.» (Diário de Aveiro)

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind