Domingo, 18 de Novembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Frota perde 600 barcos em cinco anos
2005/11/03

A frota de pesca portuguesa, a quarta maior da União Europeia (UE), perdeu mais de 600 embarcações entre 2000 e 2004, o que representa uma diminuição de 5,6 por cento, revela um relatório hoje divulgado em Bruxelas, noticia a Lusa.

«O documento do Eurostat, o organismo oficial de estatísticas da União Europeia, revela ainda que a frota portuguesa é a terceira mais envelhecida da UE, com uma idade média de 25,7 anos e um assinalável número de embarcações com mais de 50 anos.
Apesar de ter perdido 603 embarcações, passando de 10.692 barcos em 2000 para 10.089 em 2004, a quebra verificada na frota portuguesa foi a segunda mais reduzida na União Europeia a 15, que no seu conjunto registou uma diminuição de 10,3 por cento, ao passar de 95.501 para 85.709 barcos registados.
(...)
A maior frota pertence à Grécia (18.730 embarcações), seguida de Itália (14.945) e Espanha (14.052) Contudo, a nível de tonelagem, a frota portuguesa é apenas a sexta (total de 117.418 toneladas), e tal deve-se ao facto de as embarcações portuguesas estarem direccionadas fundamentalmente para a pesca costeira, tendo por isso dimensões reduzidas.
(...)
Os dados revelam que 900 embarcações da frota portuguesa (cerca de 9 por cento) têm mais de 50 anos, sendo que Portugal possui então 15,6 por cento do total de embarcações de pesca da UE a 25 com mais de meio século de idade.

A possibilidade de a renovação da frota continuar a ser financiada pela UE constitui uma das principais reivindicações do governo português no quadro das negociações com vista ao novo Fundo Europeu de Pescas.

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind