Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2019  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Frota perde 600 barcos em cinco anos
2005/11/03

A frota de pesca portuguesa, a quarta maior da União Europeia (UE), perdeu mais de 600 embarcações entre 2000 e 2004, o que representa uma diminuição de 5,6 por cento, revela um relatório hoje divulgado em Bruxelas, noticia a Lusa.

«O documento do Eurostat, o organismo oficial de estatísticas da União Europeia, revela ainda que a frota portuguesa é a terceira mais envelhecida da UE, com uma idade média de 25,7 anos e um assinalável número de embarcações com mais de 50 anos.
Apesar de ter perdido 603 embarcações, passando de 10.692 barcos em 2000 para 10.089 em 2004, a quebra verificada na frota portuguesa foi a segunda mais reduzida na União Europeia a 15, que no seu conjunto registou uma diminuição de 10,3 por cento, ao passar de 95.501 para 85.709 barcos registados.
(...)
A maior frota pertence à Grécia (18.730 embarcações), seguida de Itália (14.945) e Espanha (14.052) Contudo, a nível de tonelagem, a frota portuguesa é apenas a sexta (total de 117.418 toneladas), e tal deve-se ao facto de as embarcações portuguesas estarem direccionadas fundamentalmente para a pesca costeira, tendo por isso dimensões reduzidas.
(...)
Os dados revelam que 900 embarcações da frota portuguesa (cerca de 9 por cento) têm mais de 50 anos, sendo que Portugal possui então 15,6 por cento do total de embarcações de pesca da UE a 25 com mais de meio século de idade.

A possibilidade de a renovação da frota continuar a ser financiada pela UE constitui uma das principais reivindicações do governo português no quadro das negociações com vista ao novo Fundo Europeu de Pescas.

Enviar por email  Imprimir
Costa a jeito
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind