Terça-feira, 25 de Setembro de 2018  Desportos   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
PRESIDENTE DO BEIRA-MAR DEMITE-SE
2005/05/06

O presidente do Beira-Mar, mano Nunes, apresentou a demissão do cargo, conforme carta dirigida à Assembleia Geral do clube e solicitou a marcação de eleições com urgência.

A demissão foi apresentada esta segunda-feira, em carta endereçada a Manuel Madaíl, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Clube.

Mano Nunes disse que se demitiria "se não alcançasse o objectivo do top tem além de que considera que a despromoção é certa. O presidente demissionário acrEscenta que será candidato se não surgirem alternativas para liderar o clube.

Carta à Assembleia Geral

Aveiro, 2 de Maio de 2005

«Exmo. Sr. Presidente,

Os meus melhores cumprimentos.

Como já tinha anunciado no princípio da época que me demitiria se não alcançasse o objectivo do «top ten», venho por esta solicitar a V. Excia. a minha demissão.

Nunca imaginei que esta situação não fosse alcançada, quanto mais o nosso Clube ter a despromoção como certa. Nem eu nem a minha Direcção merecíamos este desfecho e, como sentimos o Clube, dispomo-nos a continuar na sua gestão até ao fim do acto eleitoral que solicitamos a V. Excia seja marcado com urgência. Caso não apareça alguém para tomar conta dos destinos do nosso Clube estou disponível para assumir uma lista porque não me sentiria bem deixá-lo na liga de honra.

Sob as minhas direcções, o nosso Clube subiu duas vezes, ganhou uma Taça de Portugal e foi a uma competição europeia. É certo que também desceu duas vezes mas a maior vitória penso que foi a gestão feita, com o Clube a caminhar para o sexto ano consecutivo com lucros nos exercícios.

É meu desejo que apareça alguém e que faça melhor em todas as vertentes. Será mais fácil porque, hoje, o nosso Clube já não está na situação de falência técnica em que o encontrámos quando, eu e V. Excia., fizemos parte de uma Comissão Administrativa. Hoje, o nosso Clube está, a nível financeiro, numa situação invejável, sem paralelo ao nível do nosso futebol profissional. Os activos são substancialmente maiores do que os passivos, com a vantagem de ter os impostos em dia.

Assumo todas as responsabilidades embora tivesse sido «armadilhado» várias vezes esta época por árbitros menos competentes, por indivíduos que se dizem Beiramarenses e por mercenários que só são Beiramarenses quando o Clube lhes enche os bolsos. Foi a época mais difícil que passei. Desgastaram-se e tentaram tudo para que isto desse no que deu.

Eu, como homem e cidadão, saio de cabeça bem levantada. Servi sem me servir… Mas o nosso Clube caiu. Estes e os «apitos» venceram. Só espero não ver os nossos futuros dirigentes de mão dada com quem tanto mal fez ao nosso Clube.

Devia ter orientado o Clube pela minha cabeça, como sempre fiz, e tudo isto, talvez, não tivesse acontecido. Mas aconteceu e desejo que venha alguém que faça melhor, como já disse. Creia, Sr. Presidente, que irei sempre apoiar e ajudar se tal me for solicitado pois, em 10 anos tirei o «doutoramento» sobre o futebol português. Já mais criticarei quem servir o nosso Clube com a intenção com que eu o servi.
Sem mais, apresento a V. Excia.,
As minhas saudações desportivas

José Santana Mano Nunes»

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind