Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
26 milhões e novos 117 novos empregos
2004/10/22

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira a minuta do contrato de investimento a celebrar entre o Estado, a Sanindusa - Indústria de Sanitários, S.A. e a Sanindusa 2 - Indústria de Sanitários, S.A. para a realização de um projecto de investimento em Cantanhede de cerca de 26,6 milhões de euros.

Trata-se de um investimento para a criação de uma nova unidade fabril de produção de artigos cerâmicos para usos sanitários que se espra venha a criar 117 novos postos de trabalho.

A nova unidade, a instalar no Parque Industrial da Tocha/Cantanhede, utilizará "o que de mais avançado, em termos de tecnologia, é conhecido a nível mundial - alta pressão, moldes em resina, robotização, movimentação automática, controlo electrónico do processo, das encomendas e da qualidade em tempo real".

Os objectivos da nova unidade são ainda o "fomento a fixação da população e o aparecimento de outras indústrias e serviços a montante e a jusante".

Prevê-se, para o ano de 2006, que sejam produzidas 550.000 peças e que se alcance o volume anual de vendas superior a 13 milhões de euros.
A Sanindusa 2 - Indústria de Sanitários, S.A. tem um capital social de ? 5.000.000 e é uma empresa de capitais nacionais detida a 52,5% pela Sanindusa - Indústria de Sanitários, S.A.

O Grupo Sanindusa, composto agora por quatro unidades industriais, após a compra recente da empresa espanhola Unisan XXI, alcançou um volume total de facturação em 2003 de cerca de 54,8 milhões de Euros, empregando cerca de 600 trabalhadores.

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind