Sábado, 21 de Maio de 2022  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Cerâmica quer descarbonizar
2021/11/16

É o maior evento do setor, três dias depois da Cimeira do Clima de Glasgow, as Jornadas Técnicas da Cerâmica que começaram esta terça-feira em Aveiro, com o foco na descarbonização, sustentabilidade, economia circular e indústria 4.0 Estes são os temas prioritários do debate sobre a indústria.

Até esta sexta-feira, as jornadas são no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro, com mais de 500 participantes, entre empresários, membros do Governo. Participa também a Sociedade Espanhola de Cerâmica e Vidro para descrever a indústria espanhola e «responder à subida dos preços da energia e aos desafios da descarbonização».

O Presidente do Conselho de Administração do Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro, Jorge Marques dos Santos, diz que «a redução das fontes de emissão de CO2 ou dos consumos energéticos é um dos desafios mais críticos e mais complexos na indústria do setor cerâmico». Sugere novas formas de energia, eficiência energética, menores consumos, incorporação de outros recursos ou subprodutos, que não comprometam a qualidade dos produtos cerâmicos.
O Secretário de Estado da Energia, João Galamba, faz uma intervenção sobre «como se poderá enfrentar os desafios da descarbonização da indústria em Portugal».

Ao terceiro dia das jornadas, Renaud Batier, Diretor Geral da Cerame-Unie – Associação Europeia da Indústria Cerâmica - apresentará, por videoconferência de Bruxelas, o novo Plano Estratégico para a Indústria Cerâmica 2050, ao nível europeu.

Enviar por email  Imprimir
Era mas não foi
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind