Quarta-feira, 3 de Março de 2021  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Algoritmo vencedor de estudante de mestrado da UA
2021/02/18

Sara Mantey, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Física da Universidade de Aveiro (UA) venceu o Best Paper Award na 12º edição da Telecoms Conference (ConfTELE) com um algoritmo inovador.

“Algorithm for State-of-Polarization Generation in Polarization-Encoding Quantum Key Distribution”, o algoritmo proposto, foi implementado em hardware para pré-teste, tendo sido posteriormente integrado num sistema de distribuição de chaves quânticas existente no Instituto de Telecomunicações em Aveiro.

Sara Mantey propôs um novo algoritmo para a «codificação de bits em estados quânticos de polarização de fotões únicos, com aplicação direta a sistemas de distribuição de chaves quânticas» e, segundo a estudante, “uma nova técnica de criptografia que tem vindo a ser explorada é a distribuição de chaves quânticas”, aponta Sara Mantey.

Está em causa informação confidencial, financeira, médica, comercial e de Estado que circula na Internet e o «previsível surgimento, num futuro próximo, da computação quântica». Por isso, será preciso desenvolver «sistemas criptográficos com elevado nível de segurança, passíveis de serem provados teoricamente».

Esta técnica «permite a distribuição segura de chaves criptográficas entre duas entidades, sendo que neste caso, ao contrário dos sistemas clássicos onde a segurança está relacionada com a complexidade computacional, a segurança é baseada nas leis da mecânica quântica».

Os resultados alcançados, e agora reconhecidos com este prémio, «demonstram que o método proposto é uma solução eficiente e robusta para a geração de estados de polarização, demonstrando assim viabilidade para a sua implementação em sistemas práticos de distribuição de chaves quânticas».

Segundo Sara Mantey, «a geração determinística de estados de polarização proposta no trabalho apresentado foi validada experimentalmente através da utilização de um controlador eletrónico de polarização constituído por várias lâminas de atraso que alteram a polarização ao ser aplicada pressão na fibra», diz.

A ConfTELE é a conferência «de referência nacional em Telecomunicações e onde participam as principais universidades, escolas e institutos de engenharia portugueses», segundo comunicado.

A tese de mestrado foi realizada no Instituto de Telecomunicações e na UA orientada pelos professores Nelson Muga e Nuno Alexandre Silva.

Enviar por email  Imprimir
CDS vale menos para Ribau
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind