Quarta-feira, 8 de Julho de 2020  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Burlas com a MB WAY
2020/01/30

A PSP está a investigar duas burlas praticadas burlas em Ovar através da aplicação informática de pagamentos e serviços MB WAY. Esta segunda-feira, um homem, de 61 anos, foi “supostamente vítima deste tipo de crime, porquanto, após ter colocado à venda um artigo em cerâmica num site de compra e venda online,e ter recebido a chamada de um desconhecido no seu telemóvel, o qual mostrou interesse na compra do referido artigo, informando a vítima de que pretendia o pagamento através da aplicação MB WAY, foi alvo de levantamentos indevidos de dinheiro da sua conta bancária”.

Segundo relato da PSP, A vítima, que “desconhecia o modo de utilização da nova tecnologia,dirigiu-se a uma caixa Multibanco e,seguindo instruções do suspeito, introduziu o número de telemóvel deste e o respetivo código. Desta forma, a vítima associou ao seu cartão Multibanco os dados do suspeito, acabando, inadvertidamente, por lhe dar acesso à conta que está associada ao seu cartão, permitindo assim os levantamentos indevidos da sua conta bancária. Pelas 20H00, um funcionário do Banco informou a vítima de que, durante a tarde, tinham sido feitos levantamentos de dinheiro, pelo que a vítima concluiu terem sido efetuados sem a sua autorização”.

Também em Ovar, no dia seguinte, outro homem, de 60 anos”, denunciou “ter sido vítima do mesmo tipo de crime, através do mesmo modus operandi, quando pretendeu vender um eletrodoméstico, num site de compra e venda online”.

A PSP tem detetado um “volume anormal de denúncias de burlas efetuadas através da aplicação informática de pagamentos e serviços MB WAY (uma aplicação da “SIBS”, empresa que gere a rede Multibanco e que oferece uma solução interbancária para compras e transferências imediatas, através de um smartphone ou de um tablet).

A atuação dos suspeitos passa por aproveitar o desconhecimento das pessoas relativamente às novas tecnologias de pagamentos e serviços, e, de forma ardilosa, conseguir associar os cartões bancários das vítimas aos números de telemóvel utilizados pelos suspeitos, ficando com o seu controlo, através da aplicação”.

Enviar por email  Imprimir
O dia seguinte
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind