Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Judiciária apreendeu 175 Kg de cocaína
2019/08/17

Ficou em prisão preventiva o indivíduo de nacionalidade espanhola, de 40 anos que, com origem na Galiza, foi detido pela Judiciária quando transportava, por via rodoviária, 175 kg de cocaína, sendo que a ação policial em solo português ocorreu “há cerca de quatro semanas na Mealhada, mas só agora foi divulgada para não prejudicar o desenvolvimento das investigações, que decorriam desde 2018“.

No início desta semana, a Guardia Civil espanhola fez buscas e detenções de mais 13 pessoas no país vizinho, que “permitiram a recolha de uma grande quantidade de prova material, para além de dinheiro, veículos e equipamento eletrónico altamente especializado, confirmando a elevada sofisticação da organização“.

A cocaína daria para produzir cerca de 1.750.000 doses individuais e no mercado nacional, poderia atingir um valor comercial a rondar os 5 250 000 euros. A PJ refere que “considerando o elevado grau de pureza do estupefaciente apreendido, aquele seria certamente objeto de transformação, permitindo triplicar os valores referidos uma vez introduzido no mercado para consumo“.

As intervenções das polícias em Portugal e Espanha, “terão desmantelado uma importante rede de tráfico de estupefacientes, responsável pela introdução de grandes quantidades de drogas na Península Ibérica“, segundo a Diretoria do Norte da PJ.

A PJ não tem dúvidas quanto ao facto de se tratar de uma “operação desenvolvida por uma organização criminosa altamente organizada e sofisticada“, notando que a.cocaína vinha dissimulada num atrelado/reboque de transporte de mercadorias, “especificamente preparado para a ocultação do estupefaciente. Aparentemente vazio, o atrelado dispunha de um elaborado mecanismo basculante hidráulico que, uma vez desbloqueado, permitia separar a superfície de carga do restante chassis, ocultando assim um fundo falso, com capacidade para transportar mais de 300 Kg daquele produto“.

A Judiciária aponta ainda para a “quantidade e qualidade da cocaína, a forma quase indetetável como era transportada, graças à rebuscada alteração operada no veículo, bem como os aparelhos eletrônicos encontrados na posse do suspeito“.

A intervenção da PJ ocorreu no âmbito de uma investigação desenvolvida em conjugação com a Unidade de Combate ao Crime Organizado da Guarda Civil espanhola da Galiza.

O Destacamento de Trânsito de Coimbra da Guarda Nacional Republicana colaborou na operação policial montada pela Polícia Judiciária.

Enviar por email  Imprimir
Papa
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind