Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Maioria sem oposição na Assembleia
2019/07/02

A Assembleia Municipal é o palco político principal de Aveiro, volta a reunir sexta-feira e será um momento para confirmar, ou não, a perda da força da oposição que o PS tem demonstrado e tem deixado à vontade o líder da maioria PSD-CDS, Ribau Esteves, presidente da Câmara ao ponto de dizer que os socialistas são “um zero“ e não receber qualquer resposta da bancada do PS.

Depois da morte de Carlos Candal, de figuras como Alberto Souto, hoje no Governo, e mesmo Raul Martins (agora, um independente) ou Filipe Brandão, com poucas aparições, tem faltado uma voz que faça frente a Ribau Esteves.

Ao mesmo tempo, Ribau Esteves faz referências ao Governo, mas os socialistas não reagem. Assim como também fala de Rui Rio e diz que não tolerará uma aliança com António Costa, após as próximas legislativas. E diverte-se, diz, a ver BE e PCP nervosos a verem a geringonça a escapar-se. Aqui, o PCP e o BE também não reagem.

A oposição tem sido feita mais intensa através da Comissão Política Concelhia (CPC) do partido e nas reuniões do Executivo, mas com expressão nas reuniões públicas. Manuel Sousa é presidente da CPC e vereador da oposição no Executivo camarário liderado pela coligação PSD-CDS.

Ao contrário dos socialistas, Ribau Esteves não tem uma estrutura partidária aliada. Aliás, não há uma relação concertada entre o presidente da concelhia do PSD e Ribau Esteves


Ribau Esteve já faz um balanço do Governo, lamentando que chegue ao fim sem que a gestão da Ria passe para os municípios assim como aponta a falta de eficácia da governação.

Na próxima reunião da Assembleia estará em debate o relatório da actividade mais recente da maioria e será uma oportunidade para os socialistas marcarem posição. Contudo, o BE antecipou-se e preparou oito propostas de recomendação à Câmara que pode retirar protagonismo ao PS e atrair as atenções à bancada dos bloquistas.

A última posição do PS, através da concelhia, aponta para a “displicência em prejuízo de serviços básicos“.

Enviar por email  Imprimir
Papa
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind