Quarta-feira, 17 de Julho de 2019  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Hospital veterinário com TAC’s 24 horas por dia
2019/03/29

O Hospital de Veterinário de Aveiro (HVA) passa a dispor de um aparelho de tomografia computorizada, para a realização de exames 24 horas por dispor, um investimento que ronda os 120.000 euros, realizando TAC’s dispensando a deslocação de animais ao CIM do Porto, “como acontecia até este momento“.

O HVA é a “casa do novo Centro de Imagem Montenegro Zona Centro, uma parceria que alia a experiência do Centro de Imagem Montenegro (CIM), que conta já com sete anos de experiência e mais de 4.500 exames de TAC, cobrindo as regiões da Beira Litoral, Beira Alta e Beira Baixa, que são áreas geográficas que não dispõem de um equipamento desta natureza, que existe apenas, até à data, no Porto e em Coimbra“, segundo Joana Alegrete.

Os exames podem ser feitos a “todos os animais desde que estejam estáveis para serem anestesiados, uma vez que nos animais o exame tem de ser realizado sob sedação“.

Segundo Joana Alegrete, fundadora e diretora clínica do HVA, «este projeto nasce de uma parceria entre o Hospital Veterinário de Aveiro e o Centro de Imagem Montenegro, projeto iniciado em 2011 por Luís Montenegro e Rui Mota, no sentido de disponibilizar aos colegas veterinários da região centro e aos clientes do HVA o acesso a um exame complementar de diagnóstico extremamente importante na deteção de algumas patologias importantes, como lesões de coluna/medulares, torácicas, abdominais, entre outras, que carecem da realização de um TAC para a confirmação de um diagnóstico mais rigoroso, o que permitirá optar posteriormente pela melhor abordagem terapêutica».

O HVA dispõe atualmente de raio-x, ecografia, análises clínicas, disponíveis 24 horas por dia e. Os exames serão realizados localmente por Joana Alegrete, Rafael Guerra e Maria Andrade, todos colaboradores do HVA formados por Rui Mota, médico veterinário dedicado à TAC desde 2011, que é uma referência a nível nacional, e que é sócio do CIM, sendo que Rafael Guerra frequentará também em breve o curso da ESAVS, Small Animal Computed Tomography, em Novara, Itália.

Os exames são acompanhados e interpretados pelos veterinários Rui Mota e Vânia Evaristo e pelo técnico de imagiologia Gianluca Bentivegna. Os resultados poderão estar disponíveis em 30 minutos.

INFO
A TAC é especialmente útil para o despiste de patologias neurológicas, nomeadamente hérnias discais, mas é utilizada cada vez mais noutros tipos de patologias, como displasia de cotovelo e anca, deformidades angulares, despiste de massas torácicas e abdominais, ureteres ectópicos, pneumonias, etc. Este equipamento vem igualmente complementar a área de reabilitação e fisioterapia do HVA, que está equipada com laser, ultrassons e electroestimulação, bem como com uma underwater trademill (passadeira de água), de modo a promover a rápida recuperação dos animais com patologias neurológicas e ortopédicas.

Enviar por email  Imprimir
50 milhões de euros
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind