Quinta-feira, 23 de Maio de 2019  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
PS quer os 3,2 M para mais clubes
2019/01/26

Os vereadores do PS na Câmara abstiveram-se na votação da abertura do concurso público, com um valor base de 3,2 milhões de euros, para a construção de campos de futebol da Academia de formação do Beira-Mar, nos terrenos a nascente do EMA, porque consideram "positiva a construção de equipamentos desportivos no município", mas também acham que deveria ser aberto à utilização por outros clubes. "Não deveria ser exclusiva de um só clube", segundo comunicado da Comissão Política Concelhia do partido, difundido após a reunião privada do Executivo desta sexta-feira.

Segundo o comunicado, o Município de Aveiro, governado pela maioria PSD-CDS, "também no desporto tem de deixar de se manter numa atitude de quem manda uns remates à baliza, dois ou três “cestos”, ou da velha máxima de “quem atira mais alto é que ganha”, para ter uma política desportiva consistente, envolvente, participada, potencializadora de recursos, sustentável e ganhadora; com princípio, meio e fim".

O concurso é para a conceção e construção do Complexo de Campos de Futebol do Estádio Municipal de Aveiro no âmbito da parceria entre a o Beira-Mar e a autarquia, e o comunicado dos socialistas diz que "estão em desacordo com o procedimento pensado para a sua utilização.

Segundo o PS, "face à dimensão do investimento e número de equipamentos (campos) previstos, os vereadores do PS pensam que a utilização deste espaço não deveria ser exclusiva de um só clube, devendo a Câmara regular a utilização entre utilizadores vários, dentro de um quadro de critérios pré-estabelecidos".



Segundo comunicado da Câmara, "é um importante investimento a realizar na área envolvente do EMA que significa o concretizar da aposta de dinamização e de dar vida a esta zona de equipamentos desportivos do Município de Aveiro".

Para o PS, são quatro os "investimentos necessários", que fazem parte do programa eleitoral dos socialistas: a Casa das Associações "espaço de gestão, suporte à instalação transitória e assistência à atividade das associações"; uma plataforma digital de gestão partilhada de espaços e equipamentos, públicos e privados, comuns "para racionalizar a sua utilização no suporte ao funcionamento das coletividades"; um Conselho Municipal das Associações "para coordenar, promover e divulgar, numa base concertada as ações das coletividades e uma Carta Municipal de Desporto para a "clarificação dos princípios de relação entre as coletividades e destas com a autarquia".

Defendem ainda um plano estratégico para o desporto relativo a modalidades, parceiros (tipologia e know how), equipamentos, coesão e sustentabilidade, metas a atingir, eventos âncora e recursos alocados.

Enviar por email  Imprimir
Notícias atrasadas
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind