Quinta-feira, 23 de Maio de 2019  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
54,5 milhões dividem a maioria e oposição
2018/10/24

Há um um depósito bancário à ordem de 54,5 milhões de euros cujo destino divide a maioria PSD-CDS-PPM, que preside à Câmara de Aveiro e a oposição socialista.

No dia seguinte à passagem de um ano após a tomada de posse do segundo mandato da maioria, liderada pelo social-democrata Ribau Esteves, os socialistas disseram esta quarta-feira, em conferência de imprensa, que o dinheiro devia ser usado para sair do Programa de Ajustamento Municipal e, consequentemente, provocar um alívio fiscal aos munícipes.

O PS critica os “cofres cheios” do município, continuando por pagar o empréstimo de 85,5 milhões de euros contraídos, a longo prazo, ao abrigo do PAM, para pagar dívidas a curto prazo. Os socialistas entendem que os 54,5 milhões deviam ser usado para amortizar o empréstimo.

A Câmara admite a antecipação da saída do PAM e, por via dessa medida, das regras fiscais associadas, mas apenas em 2021. Para já, a maioria diz que pretende ”aumentar a dimensão do investimento em projetos, obras, eventos e serviços da CMA”.

Mas por causa da carga fiscal, o PS entende que os aveirenses “não estão a ser bem tratados por esta maioria”, disse o vereador João Sousa na conferência de imprensa.

Enviar por email  Imprimir
Notícias atrasadas
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind