Domingo, 15 de Julho de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
PS diz que Ribau «enterra-se em areias movediças»
2018/07/06

A estrutura concelhia de Aveiro do PS refere-se, sem identificar diretamente a quem se dirige, a "quem está a enterrar-se em areias movediças ao querer governar contra os aveirenses", mas o visado é o presidente da Câmara, Ribau Esteves.

O post da concelhia no Facebook desta quinta-feira é quase inteiramente dedicado à redução do IMI, em 2019, mas quanto a "outras notícias que visam o PS, a seu tempo tomaremos posição séria sobre umas “construções na areia”".

A declaração é feita a propósito da acusação de Ribau Esteves dirigida ao movimento Juntos pelo Rossio e envolvendo o PS. "Assumiu a sua falta de independência e a sua ação promíscua com o PS, colocando um elemento publicitário da sua campanha contra a Ideia Base para a Qualificação do Rossio, numa estrutura de “outdoor” do PS instalada na Rotunda da Salineira, no acesso à A25", escreve em comunicado difundido esta quarta-feira, uma acusação que o movimento e o PS já negaram.

Também no dia seguinte ao comunicado de Ribau Esteves, o movimento diz que é "composto por cidadãos aveirenses na sua generalidade, de todos os quadrantes da sociedade civil, que têm simplesmente um interesse comum" e promovendo uma "discussão pública aberta a todos os cidadãos, independentemente da sua afiliação partidária".

Resposta do movimento à acusação de Ribau Esteves:
" (…) Pela natural falta de recursos financeiros de um movimento cívico recém-criado, contactámos o PS Lisboa para explorar a possibilidade de uma eventual cedência do espaço, colocando desde logo como condição essencial a ausência de qualquer menção ao partido para evitar um eventual aproveitamento político de alguma das partes, como o que estamos agora a presenciar. Infelizmente, não o conseguimos...

Tendo esta condição de base sido aceite, considerámos não haver qualquer problema em aceitar a cedência do referido espaço, já que seria da inteira responsabilidade do Movimento “Juntos pelo Rossio”, quer o conteúdo da mensagem, quer o custo associado à execução do cartaz. Foi o que fizemos.

A conceção, design, impressão, aplicação e pagamento do cartaz foram da inteira responsabilidade do Movimento “Juntos pelo Rossio”. Não tendo nada a esconder, encontramo-nos ao inteiro dispor para facultar a quem assim o entenda, os respetivos documentos que comprovam este acto de cidadania(…)".

Enviar por email  Imprimir
Rápido!
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind