Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
PS questiona Tribunal sobre corrupção em Aveiro
2018/02/16


















O PS de Aveiro entregou um requerimento ao Tribunal Administrativo e Fiscal questionando sobre os "processos em curso que digam respeito a corrupção na Câmara Municipal de Aveiro, e espera que os restantes partidos tomem as diligências que acharem necessárias para o esclarecimento desta questão".

Na sequência das declarações do presidente da Câmara de Aveiro, o social-democrata Ribau Esteves, que no passado domingo disse ter herdado uma "Câmara corrupta", o PS entende que "os aveirenses merecem uma explicação sobre a legalidade dos processos que tinham lugar na Câmara à chegada de Ribau Esteves".

O requerimento dirigido ao TAF justifica-se pelas "reiteradas acusações, em orgãos municipais e outros espaços mediáticos, sobre corrupção na Câmara Municipal no passado".

Os socialistas querem saber "se existe suspeita de casos de corrupção, se foram feitas queixas ao Ministério Público, qual a dimensão da suspeição, ou se tudo não passa de uma manobra de depreciação e menosprezo do trabalho levado a cabo pelos executivos e técnicos anteriores, na tentativa de abrilhantar a presente gestão".

As declarações do líder da maioria PSD-CDS-PPM são uma "ofensa a todos os partidos que já tiveram responsabilidades na autarquia, assim como aos trabalhadores da Câmara Municipal de Aveiro". O PS lembra os dois mandatos de Élio Maia, antes de Ribau Esteves, da mesma coligação, e dos dois mandatos de Alberto Souto.

As "acusações proferidas põem em causa o bom nome de todos os titulares de cargos públicos no Município e funcionários da autarquia", segundo o PS.

Para os socialistas, "a existência de eventuais casos pontuais de corrupção, não justifica a leviana extrapolação de que estávamos perante uma Câmara corrupta. Há assuntos que não se trazem à praça pública sem provas cabais, sob o risco de cometer ofensas graves ou levantar, sem fundamento, suspeitas sobre o bom nome, honestidade e competência de centenas de pessoas".

Enviar por email  Imprimir
Andamos a brincar
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind