Sábado, 17 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Começou o duelo Ribau Esteves-Manuel Sousa
2017/09/20

As eleições autárquicas de 1 de outubro em Aveiro serão um duelo para liderar a Câmara de Aveiro entre Ribau Esteves, o candidato da coligação PSD/CDS/PPM, actual presidente, e Manuel Sousa, candidato do PS.

A CDU e o BE concorrem por um lugar na Câmara, que nunca conseguiram, assim como querem crescer no número de eleitos na Assembleia, sendo que cada um tem um deputado municipal. O PAN já admitiu que o objetivo é conseguir um lugar na Assembleia Municipal.

No primeiro dia da campanha eleitoral, aberta oficialmente esta terça-feira, Ribau Esteves e Manuel Sousa deixaram essa marca deste duelo, para o qual o candidato social-democrata parte em vantagem pelo facto de ser o presidente em funções.

Os dois apresentaram no primeiro dia as ideias-chave do programa mas também deram o tom da relação entre adversários

«Ninguém nos ouvirá a dizer mal de ninguém, ninguém nos verá a pintar o chão ou a riscar cartazes, nenhum jornalista ficará com perguntas por responder, nenhum dos adversários ficará com a vida pessoal tratada na praça pública como alguns de nós estão a ser tratados e enquanto uns ficam a dizer mal, nós ficamos a arranjar soluções», disse Ribau Esteves que não precisou de dizer sobre o que está a falar.

Mais diretamente, mas sempre sem referir nomes ou partido, é fácil concluir que se dirige ao PS quando desvaloriza os encontros com 900 pessoas (o PS realizou os ‘Diálogos colaborativos’). Para Ribau Esteves do total de pessoas que estiveram nesses encontro, «80 por cento foram sempre as mesmas pessoas». Ribau Esteves falou nos «jovens que trabalharam connosco, fizeram isso durante 4 anos» e apresentaram o «Manifesto jovem».

Quanto à proximidade aos cidadãos, a coligação «não fez uma proximidade à pressa, é livre e desenquadrada das pressões eleitorais». Segundo Ribau Esteves, o PS anda há «quatro meses a fazer de conta que se ouve o cidadão».

Ribau Esteves disse que a coligação tem «garra, acção, coração, determinação que tanta inveja mete a outra gente». Apontou para algumas áreas como a educação, acção social, habitação social, obras, fundos comunitários e Aveiro Smart City.

Uma «inovação» será a criação de uma estação náutica na zona da antiga Lota, propriedade da Administração do Porto de Aveiro, mas que a Câmara quer gerir. A pateira de Requeixo, o Rio Novo do Príncipe e S.Jacinto serão polos da estação.

Ribau Esteves vai insistir com o Governo na descentralização, na abolição de portagens entre os nós de Angeja, Estádio e Pingo Doce, a auto-estrada Aveiro-Águeda e promover o urbanismo. Sobre a qualificação da Avenida Lourenço Peixinho, até final do ano estará em plena execução. Sobre o turismo, «ninguém nos pára, é sempre a abrir» e o objetivo é «ter muita gente, mais gente a quer vir
cá».

Manuel Sousa Na abertura do período oficial de campanha oficial disse o candidato: «Não vamos estar a falar em milhões e depois aparecermos com tostões». A crítica a Ribau Esteves é pelo estilo «quero, posso e mando», mas que «afasta os aveirenses».

O PS tem um plano estratégico para 2030, mas dentro de dois anos espera sair das regras que obriga o município a manter-se com os impostos no máximo devido às regras por via do empréstimo de 85 milhões de euros para pagar dívidas. Por isso promete antecipar dois anos a redução dos impostos.

O PS defende ainda a renegociação da concessão dos autocarros, a abertura de uma «via verde para o investimento e a atualização da carta educativa.

Os socialistas querem «governar com e para as pessoas, rentabilizar recursos e mobilizar vontades e recolocar Aveiro na Agenda do futuro».

Nos últimos 12 anos, da maioria PSD-CDS, oito anos com Élio Maia e os últimos quatro com Ribau Esteves, a qualidade de vida, capacidade de inovação, «foram sendo cada vez menos reconhecidos como resultado de uma prática política caracterizada pela inação e pela falta de estratégia. É um desígnio imperativo que este município recupere o reconhecimento a que tem direito, tornando-se uma referência em 2 domínios fundamentais: Qualidade de vida e sustentabilidade».

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind