Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Fogo-Fogo!, Riot, Toty SaMed juntam-se ao SET
2016/11/08

Fofo-Fogo! Riot, Toty Sa'Med e Ana Sofia Paiva foram anunciados esta segunda-feira, em conferência de imprensa, integrando a programação complementar do Sons em Trânsito’16 – VII Festival de Músicas do Mundo durante os próximos dias 23, 24, 25 e 26 no Teatro Aveirense.

O português Riot actua no dia 25, depois de angolana Aline Frazão e da brasileira Elza Soares.De Angola parte Toty Sa'Meda, da nova música africana com incursões pelo Semba, a abrir a noite de sábado em Aveiro, a última do festival, antes de Ed Motta (Brasil) e Amadou & Mariam (Mali). Cabe a Fofo-Fogo! fechar o festival, esperando-se desde funanás a música de baile de festa africana.

No mesmo dia, Ana Sofia Paiva «junta a arte de contar à de cantar, utilizando para isso referências de tradição portuguesa e internacional».

O restante cartaz já era conhecido antes da conferência de imprensa desta segunda-feira. Aliás, segundo o diretor da empresa, Vasco Sacramento, esta edição tem «a melhor programação de sempre».

Durante os quatro dias, há «concertos, contos e feira de músicas do mundo».

Além da divulgação da programação complementar o encontro da Sons em Trânsito, do presidente da Câmara, Ribau Esteves, e do diretor do Teatro Aveirense, José Pina, com os jornalistas, serviu para expressar a vontade comum da empresa e da autarquia em dar regularidade ao festival, após uma interrupção de 9 anos. Um período durante o qual «aconteceu muita coisa, tornámo-nos uma empresa maior, pelo que este regresso é de coração, porque marca um regresso ao início», disse.

Mas é demonstrado o desejo de manter o festival, de novo, a partir deste ano. O SET irá ver como o festival será recebido para poder «pensar depois em possíveis alterações, a partir da edição do ano que vem».

Há uma grande vontade em manter o festival. «O nosso coração sempre esteve aqui», disse Vasco Sacramento, que além de ser natural de Aveiro e o seu bisavô ter sido um co-fundador do Teatro Aveirense, disse que há «muitos sinais de política cultural séria» em Aveiro.

Para já, desconhece-se «o que irá acontecer» nesta edição do regresso do SET, agora na sua «segunda vida».

O Presidente da Câmara de Aveiro, José Ribau Esteves, confirma que o SET está «mais forte, competente, capaz, com mais ritmo, qualidade» e após uma fase má, financeiramente, na autarquia, é altura de do SET ser uma «marca da programação do Teatro Aveirense»

Considerando o SET uma marca fortíssima», o diretor José Pina disse que música é uma área «prioritária do trabalho do Aveirense» e anunciou uma «programação mais regular de world music».

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind