Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Governo recusou ajudar a Câmara
2016/09/19

A Câmara de Aveiro pediu ajuda ao Governo para que fosse gratuita a passagem pela A-25 e A-15 enquanto durassem as obras na EN-109, até Junho do próximo ano, mas não conseguiu essa isenção.

O Ministro do Planeamento e Infraestruturas respondeu ao pedido dizendo que isso seria perder uma receita de 10 milhões de euros e recusou isentar o pagamento de portagens.

A Câmara pediu ao Governo que «a circulação no troço da A17/A25 entre o nó da A17 com a Variante à EN235 e nó de Angeja da A17/A25, fosse isento de portagens, cuidando das condições de segurança e fluidez da EN 109 e visando aliviar a sua intensidade de tráfego, que sendo normalmente muito alta, vai aumentar a intensidade e a dificuldade de circulação e de fluidez por força das obras em curso», que se prevê terminem no próximo mês de junho.

Curiosamente, o tráfego automóvel aumentou na EN 109 após a cobrança de portagens na A-25.

Apesar da recusa, a Câmara prossegue com as obras na EN109 e «lamenta profundamente esta decisão do Governo, que considera errada, injusta e desadequada à boa gestão da realidade do Município de Aveiro, numa situação de absoluta excecionalidade».

Uma dessas obras é a construção da nova Variante Rodoviária de Cacia, que começou na passada quarta-feira integrada no Plano de Pormenor de Parte da Zona Industrial de Cacia, um investimento de 1,2 milhões de euros cuja conclusão está prevista para o fim do primeiro semestre de 2017,

Esta obra é considerada necessária «para a construção da nova fábrica de papel tissue da empresa The Navigator Company (com capacidade final de produção de 240.000 toneladas por ano, um investimento próximo dos 420 milhões de euros e uma projeção de criação de cerca de 300 novos postos de trabalho, até ao ano de 2022), assim como para a qualidade de vida dos residentes na zona nascente de Cacia e para a segurança dos automobilistas que circulam naquela zona».

Espera-se que a nova via crie «um novo acesso entre a antiga EN109 e a Rua Bombeiros da Celulose, em Cacia, desativando em definitivo, o arruamento privado da Portucel que hoje é utilizado atualmente para acesso ao centro de Cacia (com relevantes risco para os seus utilizadores), reformulando também a gestão de tráfego na antiga EN 109 nesse local (substituindo os cruzamentos existentes por duas rotundas), aumentando assim a capacidade de escoamento de trânsito, a segurança e o conforto de quem circula nesta zona do Município de Aveiro».

Outra obra é a Rotunda do Botafogo, em Verdemilho, assim como construção de uma rotunda substituindo o controle por semáforos no cruzamento de acesso à Renault e outras obras na EN109.

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind