Domingo, 23 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Findster localiza crianças e animais
2014/05/20

O Findster é uma nova tecnologia de localização de crianças e animais, sem mensalidade associada, criada por uma equipa multidisciplinar ligada à Universidade de Aveiro.

A campanha «Muitos meses de trabalho depois, e com o protótipo finalizado, a equipa procura a partir do próximo dia 22, através da plataforma de crowdfunding Indiegogo, suporte financeiro para a produção em massa do sistema Findster. Aqueles que investirem
agora, poderão ter acesso ao Findster já em Abril de 2015 e com um preço especial de lançamento.

Com o Findster é possível «criar uma cerca virtual que define a área permitida à criança ou animal, receber notificações sempre que essa cerca for ultrapassada, calcular a distância entre o pai/dono e a criança/animal, ser notificado se existirem quedas, desvios em rotas prédeterminadas ou ainda medir a actividade do animal de estimação ao longo do dia».

O sistema Findster
A basestation permite estender a cobertura do sistema e torná-lo
omnipresente. O quarto elemento é a aplicação para o smartphone, que possibilita ao adulto/dono visualizar toda a informação relativa à localização da criança/animal de estimação.

Inovador O terceiro elemento, a Basestation, aumenta a cobertura do sistema e, se colocada em pontos estratégicos (escolas, parques, casa de amigos), forma uma rede própria que permite ao adulto/dono o controlo remoto da criança/animal de estimação através da “cloud”, mesmo que o primeiro se encontre fora dessa zona.

Quantas mais “basestations” estiverem instaladas em determinadas áreas, maior a segurança oferecida pelo Findster.
Inovação A plataforma tecnológica que suporta o Findster não
necessitar do uso de comunicações móveis para enviar os dados de interesse, evitando assim a obrigação do pagamento de uma mensalidade aos operadores de telecomunicações.

Estudos As três primeiras horas que se seguem a um
desaparecimento de uma criança são as mais decisivas e que, assumindo que uma criança não foi raptada, decorrem em média cerca de duas horas até que se identifique a sua localização.
No que diz respeito aos animais de estimação, este período de incerteza é ainda mais alargado. Um em cada três cães desaparecerá pelo menos
uma vez ao longo da sua vida».

Mais informações sobre o sistema aqui

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind