Terça-feira, 25 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
A noite da maioria contra Élio
2013/04/22

O presidente da Câmara de Aveiro, Élio Maia, que ainda não anunciou a sua decisão quanto às próximas autárquicas, enfrenta esta segunda-feira à noite uma maioria hostil (PSD/CDS), a mesma que o conduziu a duas vitórias no primeiro e, actual, segundo mandato.

A Assembleia Municipal de Aveiro debate e vota uma proposta para anular um concurso lançado pela Câmara, apoiada pelos partidos da maioria para concessão de estacionamento e construção e exploração de parques subterrâneos. Trata-se da «Proposta de Recomendação à Câmara Municipal de Aveiro para anular o Concurso Público para a concessão, construção e exploração de quatro parques de estacionamento e concessão da exploração do parque de estacionamento do Mercado Municipal "Manuel Firmino" e de lugares de estacionamento na via pública, na cidade de Aveiro».

Num recente debate público sobre o assunto «apelou-se à presença dos cidadãos na Assembleia Municipal (esta segunda-feira) onde a proposta subscrita por todos os partidos com assento parlamentar que recomenda o fim do concurso vai ser discutida e votada».

Antecipando-se ao debate da recomendação, o vice-presidente da autarquia, Carlos Santos, disse esta sexta-feira, que «a oferta de estacionamento em Aveiro passará a ser insuficiente».
segundo «estudos» que indicam essa mudança.

Segundo o vereador, presidente do Conselho de Administração da Moveaveiro, no futuro serão em menor número os lugares de estacionamento gratuito em Aveiro, propriedade de privados, que deixarão de manter esses espaços disponíveis.

Carlos Santos disse ainda que o estacionamento indevido à superfície é superior a 150%, enquanto o estacionamento pago é de apenas 5 %.

Além da contestação de todas as bancadas contra a proposta da Câmara, uma outra posição relevante assumida é a de Jorge Carvalho, coordenador do projecto da Avenida, que diz ter recebido, «com a maior estranheza e consequente protesto o concurso que contraria totalmente o que propôs e a Câmara aprovou para a Avenida e Rossio». Segundo o técnico, parques subterrâneos na Avenida e Rossio «contraria o princípio de minimizar a presença do carro na área central».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind