Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
TEDxAveiro - «Ultrapassar Limites»… agora!
2012/05/27

Laurinda Alves respondeu à letra à frase da edição do TEDxAveiro ‘Ultrapassar Limites’ quando apelou este sábado em Aveiro a «fazer algo a partir de agora». Se há limites a ultrapassar, um será conseguir que o empreendedorismo seja um conceito na vida desde muito cedo e criando «ideias novas».

Laurinda Alves Alves deu como exemplo um jovem que se inicie na reparação de skates. Se os jovens manterem esse tipo de actividades, na hora de entrarem no mercado de trabalho «já estão treinados».
Não acredita que só existem as competências adquiridas e nada mais haverá a fazer. «Tudo se consegue com treino» e deu o exemplo da formação dada aos jovens em Inglaterra.

De particular importância à comunicação, considerando que «nada vende sem ser comunicado» e desde muito cedo as pessoas devem ser incentivadas a comunicar as suas ideias e projectos.

De todas as participações, entre as mais aplaudidas, marcaram as intervenções de Laurinda Alves escritora, jornalista e empreendedora social, o publicitário Edson Ataíde e Fernando Vieira, promotor da integração da pessoa com deficiência.

Cerca de 700 pessoas no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro assistiram às intervenções de Alexandre Farto (aka Vhils) (arte urbana); Carlos Herdeiro (físico); Carlos Magno, jornalista, analista político e um dos fundadores da TSF; Carvalho Rodrigues, pai do primeiro satélite português; Catarina Hall, diretora do projeto Portugal Economy Probe; José Pedro Leitão, músico aveirense, contrabaixista da banda Deolinda; Leonel Moura, criador da primeira geração de robôs pintores capazes de produzir, de forma autotónoma, obras de arte originais; Nini Andrade Silva (designer); Nuno Markl (humorista) e Rui Nery, musicólogo e um dos principais mentores da candidatura do Fado a Património Imaterial da Humanidade.

Muitas ideias ficaram fixadas nos que assistiam como a importância de não de deixar de ver o melhor quando as coisas não estão bem, acreditar que cada um consegue atingir os objectivos que determina, a teimosia naquilo que se pretende e a valorização das ideias próprias.

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind