Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Feira de Março - comunicado da Aveiro Expo
2012/04/10

O comunicado da Aveiro-Expo – Parque de Exposições, E.M. sobre o encerramento do setor de diversões da Feira de Março na passada quinta-feira à noite, «responsabiliza unicamente os seus proprietários», lamenta, o «transtorno causado à maioria dos expositores» e aos visitantes. Quanto à atuação da PSP, que a Associação Portuguesa de Empresas de Diversão classifica de «excesso de zelo», a Aveiro Expo diz ser da responsabilidade do Comando policial.

Sobre a armas utilizadas das barracas de tiro ao alvo, a Aveiro Expo diz desconhecer esse facto.

Sobre o licenciamento de eventos como a Feira de Março, a empresa municipal é «no âmbito da legislação em vigor, entidade competente para o licenciamento (...) tal como se prova pelas anteriores edições, em que para a APED e para as entidades legalmente competentes para a fiscalização deste tipo de eventos, nunca tal problema ou questão se levantou, por efectivamente não haver motivo fundamentado para ser levantado; muito se estranha que, nesta data e ocasião, venha a APED, entidade supostamente interessada no bom desenrolar do evento, levantar uma questão sem fundamento quando, até esta data nunca o fez».

O comunicado refere ainda que «a Aveiro-Expo, E.M., enquanto empresa municipal e entidade de bem, assumirá, como sempre o fez, na íntegra, nesta e em todas as matérias as suas responsabilidades (…) nunca poderá assumir, com está bom de ver, responsabilidades que, por força de legislação em vigor ou por qualquer outro motivo de força maior, não possam ser-lhe imputadas».

Sobre o horário foi acordado com a APED «o alargamento do horário de funcionamento do setor de diversão da Feira de Março 2012 até às 02h00min, sem ruído, e não “com o mínimo ruído”. Estão em curso as «diligências necessárias para promover o alargamento desse horário. Não há quaisquer acordos relativamente à edição de 2013 da Feira de Março».

Sobre o custo dos bilhetes de entrada na feira, lembra que «o aumento do bilhete de entrada na Feira de Março (cobrado unicamente aos fins-de-semana e segunda-feira de Páscoa e apenas da parte da tarde) de €1,50 para €2,00, se deveu unicamente ao aumento do IVA em todos os serviços que esta empresa tem de contratar para organizar o certame, desde o cartaz de espetáculos, limpeza, segurança, energia eléctrica, água, sanitários móveis, iluminação decorativa, investimentos em obras de requalificação da rede elétrica do Parque de Exposições impostas pela DGEE, etc.; nunca esta empresa o teria efetuado pura e simplesmente visando o lucro, algo que não acontece».

Aponta ainda para um aumento de público nesta edição. «O número de entradas nos dias pagos de 2012, comparativamente aos dias homólogos de 2011, prova inequivocamente que não foi o aumento do valor do ingresso que afastou os visitantes da Feira de Março; pelo contrário, há uma subida de 8,9% relativamente a 2011».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind