Terça-feira, 25 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
«Não sei se a coligação pode acabar ou não»
2012/01/05

O líder da bancada do CDS na Assembleia Municipal de Aveiro Ernesto Caalos Barros, partido que forma a aliança com o PSD que governa a Câmara colocou em causa, esta quarta-feira à noite, a continuação da coligação. «Não sei se a coligação pode acabar ou não», disse, afirmando assim o afastamento em relação aos social-democratas.

Carlos Barros reagiu assim a Olinto Ravara, da bancada do PSD que se referiu a deputados «faltosos», na votação do orçamento, na semana passada, «por medo da coacção exercida pelo Tribunal de Contas(TC), pela primeira vez expressa detalhadamente num relatório, lançando o medo sobre alguns espíritos e levando ao abandono do debate e desmobilização de pessoas que não estão para se chatear», disse. O

Os «faltosos» era dirigida aos elementos do CDS, e a referência ao TC dizia respeito a uma auditoria ao processo do empréstimos de 58 milhões de euros contraídos pela Câmara para pagar dívidas e o Plano de Saneamento Financeiro.

O TC aponta para a possibilidade de coimas sobre os que tomaram parte em votações e a falta é vista como uma expressão de vontade em não se envolverem. Na votação do orçamento faltaram três elementos do CDS.

Mas Carlos Barros disse que os deputados continuam a «ser livres de decidir (…) ão somos carneirinhos para aceitar tudo o que que a Câmara quer que a gente aceite».
Sobre a declaração de Olinto Ravara, Carlos Barros disse que «não há a mínima coação».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind