Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Bloco de Esquerda critica percurso de vereador
2011/09/22

O Bloco de Esquerda diz em comunicado que o percurso recente do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Carlos Santos, «pode não admirar, mas é de uma promiscuidade obscena».


No comunicado da Comissão Coordenadora Concelhia de Aveiro do partido que se posiciona «contra a promiscuidade política-futebol» diz que o vereador foi «indicado pelo Beira-Mar para seu delegado à Assembleia-Geral da Federação Portuguesa de Futebol e recorda que «estaria presente» quando às escondidas e na calada da noite, a Câmara vendeu o terreno das piscinas ao clube por 1,2 milhões de euros (…). Passados poucos minutos, o Beira-Mar revendia o mesmo terreno pelo dobro do preço a uma imobiliária». Os bloquistas lembram que «apesar de o ter revendido pelo dobro do preço, o clube ainda não pagou o terreno à autarquia. Por esse motivo, a CMA colocou o SCBM em tribunal pedindo a nulidade do negócio».

Alegam ainda que Carlos Santos faz parte do Executivo da maioria PSD/CDS-PP, que decidiu «recentemente pela desafectação de um terreno junto ao estádio para permitir a construção de uma centro multiusos/comercial, cujo investidor será precisamente o dono maioritário da SAD do clube. O mesmo executivo está a tentar entregar mais direitos económicos do estádio municipal à SAD, o que levou mesmo ao afastamento de dois vereadores PSD/CDS-PP por dúvidas sobre a legalidade da operação».

O Vice-Presidente Carlos Santos, segundo o BE de negou a acusação de «fraude processual» «por (a Câmara) ter em tribunal um processo contra o Beira-Mar para anular o negócio das piscinas ao mesmo tempo que permite que a imobiliária desmantele as infra-estruturas das piscinas e garantindo que se tinha tratado de uma operação de limpeza desenvolvida pela polícia municipal».

Segundo o BE, «Sabe-se agora que o Vice-Presidente Carlos Santos dá a cara pela autarquia no diferendo judicial com o SCBM que diz ser para ganhar, ao mesmo tempo que é escolhido pelo SCBM como seu delegado na AG da PF».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind