Sábado, 22 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Mulher salva depois de pedir socorro da janela
2011/06/10

Um homem foi detido pela PSP de Aveiro esta quarta-feira por suspeita da prática do crime de violência doméstica e depois de ter impedido desde o passado dia 2 de Junho uma mulher de se ausentar da residência, na Forca, em Aveiro, e de pedir auxílio.

Depois de conduzido ao Tribunal de Ílhavo, ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Aveiro, e ficou em prisão preventiva.

Foi detido por polícias do Programa Integrado de Policiamento de Proximidade. No dia 2 de Junho «terá entrado, sem consentimento, por uma janela do apartamento de uma mulher, com quem terá, anteriormente, coabitado e tido um relacionamento conjugal».

Ontem (quarta-feira) a vítima, «aproveitando a distracção do suspeito, foi à varanda e conseguiu gritar por socorro, embora depois tivesse sido arrastada para dentro e agredida».

Segundo a PSP, um transeunte ouviu «o seu pedido de socorro e contactou a Polícia» que arrombaram a porta da residência, para auxiliar a vítima. A mulher terá sido ameaçada com uma faca de cozinha e com um jarrão, para se manter calada, na altura em que os polícias batiam à porta».

O homem foi detido e a vítima transportada de ambulância ao Hospital para receber tratamento.

O suspeito é o mesmo que foi detido a 26 de Maio «por condução sem habilitação e furto de cheques».

Comunicado Maio
No âmbito de uma investigação que se encontrava a decorrer
na referida Esquadra, originada pela suspeita da prática dos crimes de burla e violência doméstica, esta Polícia interceptou o suspeito a conduzir um veículo automóvel, não estando habilitado legalmente para o efeito, e tendo apostas chapas de matrícula falsas.

O veículo automóvel que conduzia e uma roulotte que tinha estacionada
junto a um pinhal na Gafanha da Vagueira, os quais tinham sido comprados com cheques furtados, foram apreendidos por falsificação de documento (matrículas falsas); foram ainda apreendidos 1 painel solar foto-voltaico, 1 televisão, 2 documentos únicos automóvel, 7 chaves e 2 espelhos retrovisores.

Na manhã de hoje, momentos antes de ser presente a Tribunal, o detido, estando ainda nas instalações policiais, sentiu-se mal, pelo que foi conduzido ao Hospital de Aveiro, tendo ficado internado nos cuidados intensivos, devido a problema cardíaco.

Não sendo possível a sua apresentação em Tribunal dentro do prazo
previsto na Lei, o detido foi restituído à liberdade, ficando a aguardar o desenrolar do inquérito.”).

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind