Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Câmara colabora com a Portucel
2011/05/17

Depois de mais de três horas de debate, a Assembleia Municipal de Aveiro aprovou esta segunda-feira à noite a "Declaração do Reconhecimento do Interesse Público do Empreendimento" de uma área de terreno em Cacia para desafectação de uma área inserida em Reserva Agrícola Nacional, uma vez que a fábrica Portucel «coloca neste momento a possibilidade de expansão desta ou construção de uma nova, sendo que uma das condições necessárias para qualquer destes projectos é a possibilidade de construção nas zonas adjacentes à mesma».

A bancada do Bloco de Esquera anunciou o envio do dossier à Inspecção-Geral da Administração Local (IGAL), alegando o "interesse público desconhecido e escondido" e uma "proposta formalmente errada".

A maioria PSD/PP contou com os votos a favor do PS, embora os socialistas considerem que aprovaram «apesar da péssima instrução do processo» apresentado pela Câmara à Assembleia.

O PCP votou na abstenção. António Salavessa questionou várias vezes o que é que estavam a ser proposto ser votado.

O Bloco de Esquerda foi a única bancada que votou contra. A Câmara apresentou uma «proposta formalmente errada», disse Nelson Peralta.

O aspecto formal foi criticado não apenas pela oposição mas também pelos dois partidos da maioria, PSD e PP. Mas o executivo liderado por Élio Maia não cedeu e manteve a proposta até à votação.

O PP disse que a aprovação é uma forma de dar seguimento a um projecto que culminará «mais investimento para Aveiro» e Casimiro Calafate, do PSD, presidente da Junta de Freguesia de Cacia, disse que trata-se de um «primeiro passo para possibilitar uma nova infra-estrutura».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind