Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Propostas contra efeitos climáticas no Baixo-Vouga
2011/03/02

Apresentar algumas soluções para minimizar os efeitos das alterações climáticas no Baixo Vouga Lagunar é o objectivo da sessão que decorre, esta sexta-feira, 4 de Março, a partir das 10:00h, na Sala do Senado, no edifício da Reitoria da Universidade de Aveiro. As propostas vão ser apresentadas a alguns agentes locais, e são resultado de um trabalho de investigação desenvolvido por um grupo de investigação interdisciplinar de vários países, no âmbito de um ERASMUS Intensive Program.

Segundo comunicado da Universidade, «de acordo com as investigações mais recentes, o nível superior da água do mar provocará no Estuário uma expansão da área de influência das marés. Deste modo, verificar-se-á uma tendência para que tanto a água salgada como a doce se movam cada vez mais para nascente, colocando a área única do Baixo Vouga Lagunar sob pressão. As condições climáticas mais extremas podem aumentar a intensidade de cheias fluviais e a intrusão de nos terrenos agrícolas. O resultado directo é que os actuais sistemas agrícolas não poderão ser mantidos se a área se tornar mais salgada, com inundações mais frequentes podendo a paisagem de «Bocage» desaparecer, assim como a sua fauna e flora únicas».

Cerca de 34 alunos estrangeiros (4 Búlgaros, 15 Chineses, 1 Francês, 6 Holandeses, 4 Sul-Americanos e 6 Espanhóis), 10 alunos portugueses e 10 docentes debruçaram-se, entre 21 de Fevereiro e 4 de Março), sobre a temática de «Adaptations to Climate Change in Europe's Peri-Urban and Rural Areas in High Risk», em particular o Baixo Vouga Lunar, uma das cinco áreas piloto do projecto F:ACTS!, no âmbito de um ERASMUS Intensive Program.

Para além da UA, foram envolvidas mais três instituições de ensino superior, a Van Hall Larestein University of Applied Sciences, da Holanda, a Universidade de Santiago de Compostela, de Espanha e a Universidade Técnica de Varna, da Bulgária, e os parceiros do «F:ACTS! – Formas de adaptação às alterações climáticas através do desenvolvimento de Estratégias Territoriais!», um projecto INTERREG IVC financiado pelo Fundo de Desenvolvimento Regional da União Europeia.

A sessão é fundamentalmente direccionada às instituições envolvidas na gestão deste território e aos agentes locais. Serão apresentadas as propostas produzidas através de uma metodologia de aprendizagem direccionada para responder a questões / problemas reais. Pretende-se apresentar a fundamentação dos cenários identificados e sustentar a escolha do cenário preferencial para a sua implementação.

O ERASMUS Intensive Program ACCE, co-organizado pelo Departamento do Ambiente e Ordenamento e pelo Gabinete de Relações Internacionais da UA, é um projecto vocacionado para o desenvolvimento de trabalho de campo, em áreas – piloto previamente seleccionadas, no âmbito das Adaptações às Alterações Climáticas em Áreas Peri – Urbanas e Rurais de elevado risco.

Este Intensive Program está estreitamente articulado com o projecto «F:ACTS! –Adaptação às alterações climáticas através do desenvolvimento de Estratégias Territoriais!». Este projecto INTERREG IVC, em curso até Dezembro de 2011, auxilia as Regiões da Europa a trabalharem em conjunto, de forma a partilharem experiências e boas práticas nas áreas da inovação, conhecimento da economia, ambiente e prevenção de risco, sendo o Baixo Vouga Lagunar uma das suas áreas piloto. foto blog Olhares

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind