Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Gabinete de Inserção Profissional atendeu 1249
2011/01/31

Desde Setembro de 2009 o Gabinete de Inserção Profissional (GIP) de Estarreja captou 227 ofertas junto de entidades promotoras e encaminhou para ofertas de qualificação 150 interessados e para medidas de apoio ao emprego, e 193 para qualificação e empreendedorismo, segundo comunicado da autarquia.

O GIP prestou apoio a 1249 pessoas, 57,5% dos quais são jovens entre os 16 e os 30 anos sendo que as mulheres estão em maioria, constituindo 69,5% do total.

O grupo etário dos 31 aos 54 anos constitui 39,6%.

Dos 719 jovens inscritos, entre os 16 e os 30 anos, 38,6% procura de um novo emprego e 32,2% o primeiro emprego.
Entre os 1249 utentes, 49,6% possui uma habilitação literária igual ou superior ao 12º ano e 24,5% tem entre o 9º e o 11º anos de escolaridade enquanto 25,7% dos inscritos não têm a escolaridade mínima obrigatória.

O GIP é uma «unidade de apoio gratuito a todos os que procuram emprego, reforçando a intervenção do Centro de Emprego de Aveiro junto da população local. Actua com o objectivo de promover a procura activa de emprego, fazendo a ponte com as ofertas de trabalho, ou encaminhar para programas de qualificação».

O GIP prestou informação profissional para jovens adultos desempregados, que chegou a 636 jovens, ou o apoio à procura activa de emprego, tendo-se ajudado 597 pessoas. O acompanhamento personalizado dos desempregados em fase de inserção ou reinserção profissional é outra das fortes componentes do GIP que apoiou 542 pessoas nesta situação.

Ao nível das acções de qualificação>, a parceria com o Centro Novas Oportunidades do Antuã / Escola Secundária de Estarreja, com o CLDS – 7 Desafios em Rede e com a Associação Empresarial SEMA «permitiu promover a qualificação dos utentes, a níveis do 6º, 9º e 12º anos de escolaridade e outras formações pertinentes para o mercado do trabalho local».

Segundo o comunicado, no último trimestre de 2010 verificou-se também que «uma grande parte da população em idade activa que procurou e se inscreveu no GIP dispõe de qualificações ou formação técnica necessária para a sua (re)inserção no mercado de trabalho».

O GIP ajuda ainda na elaboração de currículos, preparação de entrevistas ou mesmo técnicas de procura de emprego.

O projecto é desenvolvido pela DESTAC – Associação para o Desenvolvimento do Centro Urbano de Estarreja (Câmara Municipal e SEMA – Associação Empresarial) em parceria com o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind