Terça-feira, 18 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Câmara distingue autarcas
2011/01/28

A Câmara de Aveiro distinguiu esta quarta-feira o autarca mais jovem no exercício de funções nos catorze Executivos das Juntas de freguesia, Catarina Barreto, secretária da Junta de Freguesia de Aradas, o autarca há mais funções no cargo, Armando Vieira, de Oliveirinha e o segundo mais antigo Presidente de Junta em funções, o Presidente da Junta de Freguesia de Santa Joana, Vítor Martins.

Na cerimónia foi apresentado o Livro “Das Autarquias Aveirenses” de Amaro Neves que consiste num trabalho de índole histórica que mostra a evolução da vida municipal, com a apresentação do empenho e a obra dos autarcas nas comunidades locais.

O Presidente da Junta de Freguesia da Vera Cruz, João Barbosa, na qualidade de Presidente da Junta mais antiga do Município, proferiu uma locução subordinada ao tema “O Sacerdócio de um Presidente de Junta” onde fez referência à sua experiência enquanto Autarca na freguesia. A sessão contou também com alguns momentos musicais pelo Trio de Cordas da Sociedade Musical de Santa Cecília e pelo Ensemble de flautas da Escola de Música de Santa Joana.

No final da cerimónia, cada autarca recebeu um Apógrafo do primeiro documento em que se fez referência a Aveiro doação de Mumadona Dias ao Convento de Guimarães de diversas propriedades, entre as quais as suas “terras in alauarium et salinas que ilibem comparanium” efectuado em 26 de Janeiro de 959, data que marca esta homenagem aos autarcas.

O dia 26 de Janeiro tem um peso histórico relevante, já que foi nesse dia do ano de 959 que a Condessa Mumadona Dias fez doação de diversas propriedades, entre as quais as suas “terras in alauario et salinas”, sendo esta a primeira referência histórica escrita conhecida de Aveiro.

A cerimónia contou com a presença de dezenas de autarcas e antigos autarcas do Concelho de Aveiro e foi presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Élio Maia.

É intenção do Município a criação de uma «tradição de homenagear, de saudar enfaticamente, de dar visibilidade pública e de atribuir renovado significado aos exemplos de destacável dedicação à causa pública através da participação autárquica», refere Élio Maia.

«O esquecimento das pessoas que serviram a comunidade é uma ingratidão terrível. Não se pode descurar a valorização do empenho público dos que foram e são mestres nessa devoção e, com essa incúria, fomentar a descendência de gente desinteressada dos valores que norteiam o serviço à vida pública», disse.

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind