Terça-feira, 25 de Setembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Melhor ano de sempre nos portos
2011/01/12

No Porto de Aveiro movimentaram-se 3.756.293,42 toneladas de mercadorias em 2010, o que o torna «o melhor ano de sempre do Porto de Aveiro», segundo comunicado da administração, um crescimento de 25 por cento em relação a 2009 registando-se um aumento de 741.618,02 toneladas.

Segundo o mesmo comunicado, «estes números situam-se muito acima da taxa anual média de crescimento do Porto de Aveiro nos últimos 10 anos, taxa essa que se situa nas 130.000 ton/ano (4,77% ano).
Também em relação ao anterior ano-record, 2008, o crescimento foi «assinalável», 290.400,42 ton (8,38%).

Os Granéis Sólidos «estiveram em evidência» com 1.613.472,93 ton, constituindo 42,95% do tráfego total de mercadorias, o que representa um aumento de 169.529,13 ton (11,74%) em relação a 2009 e 243.530,03 ton (17,78%) em relação a 2008.

A Carga Geral, com 1.199.102,01 ton, realizou 31,92% do tráfego total de mercadorias. Em relação a 2009 cresceu 291.169,01 ton (32,07%).
Os Granéis Líquidos constituíram 25.12% do movimento total, com 943.708,48 ton movimentadas. O crescimento foi de 280.919,88 ton (42,38%) em relação ao ano 2009 e 314.439,88 (49,97%) em relação a 2008.

O ano de 2010 vai ficar, assim, para a história dos dois portos, no que reporta à movimentação de mercadorias. No ano que agora findou movimentaram-se, no Porto da Figueira da Foz, 1.615.891,18 ton de mercadorias. Trata-se de novo record no que diz respeito a movimentação de mercadorias, deixando muito para trás a última melhor marca, alcançada em 2007 com 1.199.754,30 ton. Em relação a este ano o crescimento foi de 416.134,88 (24,69%), sendo que a taxa de crescimento anual nos últimos 10 anos foi de 76.591 ton (7,88%).

Segundo José Luís Cacho, que preside às administrações portuárias da Figueira da Foz (APFF, S.A.) e de Aveiro (APA, S.A.), «taxas de crescimento a atingir estes valores são raras na história de qualquer administração portuária, entre nós e até mesmo no estrangeiro. E se atendermos à conjuntura de crise internacional que vivemos, tais resultados adquirem significado ainda mais marcante».

Os resultados devem-se «em boa parte, às exportações», segundo a administração.

Os investimentos realizados nos dois portos são, para José Luís Cacho, «uma das razões por detrás do sucesso obtido, o Governo soube apoiar, em devido tempo, obras de que os dois portos careciam há bastante tempo. No caso de Aveiro, por exemplo, a ligação ferroviária era um projecto congelado há duas décadas. A ligação ferroviária foi inaugurada a 29 de Abril de 2010 e os resultados já começam a aparecer».

No porto Figueira da Foz o investimento mais emblemático foi o prolongamento do molhe norte. Neste porto, em 2010 movimentaram-se 1.615.891,18 ton de mercadorias, um novo record na movimentação de mercadorias, deixando muito para atrás a última melhor marca, alcançada em 2007 com 1.199.754,30 ton. Em relação a este ano o crescimento foi de 416.134,88 (24,69%), sendo que a taxa de crescimento anual nos últimos 10 anos foi de 76.591 ton (7,88%).
Em relação a 2009 o aumento foi de 438.673,18 ton (37,26%) e em relação a 2008 466.065,58 ton (40,43%).

Movimentaram-se 770.159,84 ton de carga geral, que representa 47,66% do movimento total do Porto, apresentando um crescimento excepcional de 260.889,84 ton (51,23%) em relação a 2009 e 276.601,54 ton (56,04%) em relação a 2008.

Acumulando 41,39% do volume total de mercadorias, movimentaram-se 668.764,78 ton de Granéis Sólidos. O crescimento em relação a 2009 foi de 149.367,78 ton (28,76%) e de 173.198,68 ton (34,82%) em relação a 2008.

A carga contentorizada, com um peso de 10,95% do tráfego total de mercadorias, equivalente a 176.966,56 ton, cresceu 28.415,56 ton (19,13%) em relação a 2009 e 16.265,36 ton (10,12%) em relação a 2008.

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind