Domingo, 23 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Estado corta 300.000 euros à Câmara de Ílhavo
2010/11/24

A proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2011 representa um corte de cerca de 300.000 euros para a Câmara de Ílhavo, por isso a autarquia subscreve a «posição tomada pelo Conselho Directivo e pelo Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Para a Câmara, a proposta apresentada é «desastrosa para o Poder Local e para os Municípios, deixando claro que, sem a viabilização das propostas apresentadas pela ANMP, os Municípios não têm capacidade de responder às exigências que a situação actual lhes coloca, bem como reafirma a rejeição de novas reduções de 227 milhões de euros de receitas municipais contidas na referida Proposta de Lei em relação ao Orçamento de Estado para 2010».

Entretanto, o Executivo Municipal aprovou as Grandes Opções do Plano e o Orçamento da Câmara Municipal de Ílhavo para 2011, reduzindo-o em 9%, um documento que renova a «aposta numa gestão sustentável e de redução das despesas de funcionamento, assim como na manutenção de uma elevada intensidade da actividade, destacando-se a área dos investimentos em obras com o aproveitamento das oportunidades de financiamento do QREN».

A Câmara aprovou um orçamento de 48,3 milhões de euros.
A Câmara verifica que há uma «acentuada redução das receitas municipais» por isso definiu um plano de acção para o próximo ano «agressivo no investimento, seguro na prestação de serviços aos Cidadãos e no apoio aos mais carenciados, sustentável na sua dimensão financeira e determinado em concretizar mais e melhor crescimento e desenvolvimento do Município de Ílhavo e da Região de Aveiro».

A Câmara considera prioritárias as áreas Qualificação e Regeneração Urbana, Educação, Cultura, Desporto e Ambiente, destacando a Qualificação Urbana e Ambiental do Casco Antigo de Ílhavo, construção do Centro de Investigação e Empreendedorismo e Qualificação Urbana da Avenida 25 de Abril. São novos objectivos a Ampliação do Museu Marítimo de Ílhavo e da Casa da Música, a Qualificação Urbana e Ambiental da Frente-Ria da Costa Nova na zona da Biarritz, do Parque Escolar, 2ª fase, tendo o Centro Escolar da Gafanha D’Aquém como primeira prioridade.

Também o Edifício Sócio-Cultural e Extensão de Saúde da Costa Nova; Instalação de um relvado sintético no Campo de Futebol da Vista Alegre;Requalificação do Pavilhão Desportivo da Gafanha do Carmo e espaço envolvente; Início de várias obras das SA’s que a CMI pertence, destacando-se a Polis da Ria de Aveiro (com a qualificação do Caminho do Praião e instalação da Ciclovia, na Gafanha da Encarnação e na Gafanha do Carmo) e a Águas da Região de Aveiro (com várias obras de saneamento básico em Ílhavo, na Gafanha da Nazaré e na Gafanha da Encarnação).

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind