Domingo, 23 de Setembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Há 60 sem-abrigo em Aveiro
2010/11/22

Há 60 pessoas sem-abrigo no concelho de Aveiro, maioritariamente com idades compreendidas entre os 25 e os 34 anos (33,3 por cento) do sexo masculino, portugueses (83,3 por cento) e naturais da região do Baixo Vouga (apenas os indivíduos de nacionalidade portuguesa) segundo diagnóstico, realizado em Setembro de 2009, da situação das pessoas sem-abrigo, enquadrado pela Estratégia Nacional de Integração das Pessoas Sem-Abrigo (ENPSA), segundo comunicado da Rede Social de Aveiro que divulga o «Diagnóstico Social do concelho de Aveiro – Outubro 2010».

É um fenómeno «complexo» porque «no que diz respeito às razões pelas quais estas 60 pessoas identificadas no estudo de diagnóstico se encontram em situação de sem-abrigo, as respostas foram bastante diversificadas».

As causas estão associadas a «problemas/situações familiares (ruptura, conflito ou morte) como sendo a principal justificação para se encontrarem na actual situação de sem-abrigo, logo seguida da perda de emprego», sendo que «78,3 por cento das pessoas incluídas no estudo estão em situação de desemprego».

Quanto ao rendimento, 45 por cento dos inquiridos no estudo não tinham qualquer fonte de rendimento, seguidos por aqueles que beneficiam do Rendimento Social de Inserção (18,3 por cento)». Sobre habilitações literárias, «71,7 por cento dos inquiridos não detém mais do que o terceiro CEB».

INFO Rede Social de Aveiro
«No concelho de Aveiro foi desenvolvido um estudo de diagnóstico da situação das pessoas sem-abrigo, enquadrado pela Estratégia nacional de Integração das Pessoas Sem-Abrigo (ENPSA), de acordo com o conceito de sem-abrigo proposto naquela estratégia nacional, e que implicou a colaboração das entidades representadas no Núcleo Territorial dos Programas de Respostas Integradas (PRI) de Aveiro que intervêm nas áreas da prevenção, tratamento, redução de riscos e minimização de danos, a reinserção social, bem como com as instituições com respostas sociais (Centros de Alojamento Temporário, Equipa de Intervenção Directa) e Autarquia.

Neste diagnóstico, realizado em Setembro de 2009, foram sinalizadas 60 pessoas sem abrigo.


Intervêm com a população sem-abrigo em Aveiro a Câmara de Aveiro; as Florinhas do Vouga (IPSS) com a Equipa de Intervenção Directa e com o Projecto Giros (PRI na área redução de riscos e minimização de danos); a Fundação CESDA e a Cáritas Diocesana de Aveiro (CAT – Centros de Alojamento Temporário), a Cruz Vermelha Portuguesa com o Projecto RIS (PRI na área da reinserção social) e o Centro de Respostas Integradas de Aveiro do IDT.


Em Portugal «desconhece-se o número global de pessoas sem-abrigo. Sabe-se, no entanto, que são particularmente homens em idade activa (30 aos 49 anos), solteiros e divorciados, de nacionalidade portuguesa, com escolaridade básica, distribuídos essencialmente pelas grandes áreas metropolitanas (Lisboa e Porto).

Já não são somente os marginalizados clássicos, sendo visível a emergência de uma nova geração de pessoas, com peso crescente de doentes mentais, toxicodependentes, alcoólicos, ex-reclusos e outras de pessoas que se encontram em situação de ruptura com as normas e instituições vigentes – quebra de laços sócio-familiares, instabilidade profissional, dificuldades de acesso à habitação, e ao emprego, baixos rendimentos, ausência de regras e rotinas, auto-marginalização, diluição de hábitos de trabalho, regressão nas capacidades cognitivas – e sem qualquer tipo de suporte social, psicológico e económico». FONTE: Estratégia Nacional para a Protecção Social e Inclusão Social, Portugal 2008-2010

Os principais factores que contribuem para a situação dos sem-abrigo «que pernoitam nos equipamentos são essencialmente o desemprego, a perda de alojamento e a impossibilidade de ter uma habitação, por ausência de rendimentos, as doenças (toxicodependência, doença crónica e mental) e as rupturas conjugais e familiares».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind