Domingo, 18 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Recrutamento é «excepcional» e «sem encargos»
2010/10/21

O recrutamento de pessoal para a Câmara de Estarreja é a «título excepcional «sem encargos adicionais para a autarquia», segundo comunicado da autarquia, respondendo ao PS que se posicionou contra a admissão de 25 trabalhadores, embora votasse na abstenção.

Segundo o comunicado, o recrutamento tem por objectivo «assegurar recursos humanos para lugares actualmente providos a termo, que estão no final dos seus prazos, e concluir situações de concursos anteriores».

O PS refere-se a 25 mas a Câmara diz que procedeu «à abertura de 7 procedimentos concursais por tempo indeterminado, para colocação de 10 funcionários (técnicos superiores e assistentes operacionais). Neste lote estão lugares que neste momento são ocupados por trabalhadores a prazo e cujos contratos estão no seu término não podendo ser legalmente renovados».

A Câmara diz que são «funções imprescindíveis, de jardineiros a cantoneiros, de engenheiros civil (com formação específica em segurança e higiene no trabalho) a ambiente, electrotecnia, agrícola, qualidade e auditoria, ou a técnicos de informática, neste caso concreto, que a Câmara Municipal tem de contratar devido à transferência de competências do Ministério da Educação ao nível do parque escolar». «Apesar de este procedimento se referir a um total de 27 postos de trabalho, na realidade haverá a criação de 10 novos lugares. Com estes recrutamentos, cessam 11 contratos a termo resolutivo e será denunciada uma prestação de serviços. Para além de que saíram 22 trabalhadores para a ADRA – Águas da Região de Aveiro.

O vice-presidente da Câmara, Abílio Silveira, garante não haver aumento dos encargos a suportara, este ano, saíram do quadro da câmara 24 pessoas, por reforma, exoneração e por cedência para a ADRA. Contas feitas, vinca Abílio Silveira, mesmo com o recrutamento agora aprovado, a autarquia «irá chegar ao final do ano com menos funcionários do que tinha no início de 2010, apesar da existência de mais infra-estruturas. Outra situação tem a ver com a conclusão de procedimentos concursais pendentes, abertos antes da Lei do Orçamento de Estado para 2010, tendo já decorrido inclusive o recrutamento desses candidatos».

A autarquia prevê ainda a colocação de «8 candidatos (assistentes técnicos e operacionais) através das reservas de recrutamento já constituídas ao abrigo desses mesmos concursos, numa perspectiva de celeridade processual. Neste caso, estão abrangidas situações de postos de trabalho que até agora estavam preenchidos com contrato a termo (decorrente da saída de dois outros colaboradores), como dois lugares de assistentes operacionais para as novas piscinas municipais».

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind