Sábado, 17 de Novembro de 2018  Aveiro   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
PS quer destruir pórticos – Élio pede bom senso
2010/07/01

A bancada do PS, desafiou esta quarta-feira à noite a Assembleia Municipal de Aveiro a destruir os pórticos instalados na A-25 para controlar a cobrança de portagens, conseguiram a solidariedade da bancada do PSD, do presidente da Mesa da Assembleia mas não do presidente da Câmara, que recebeu um apelo directo do PS para se envolver em acções radicais de protesto.

Élio Maia recusou qualquer plano para «partir» ou «desmanchar» e apelou ao «bom senso». Portugal vive num “Estado de Direito, há regras e deveres, devemos vencer não pela razão da força mas pela força da razão».

A estratégia do autarca é diferente. Se a decisão «está na Assembleia da República onde estão deputados (eleitos por Aveiro), é fundamental que no local tomem posição a favor de Aveiro». Foi a deixa para o socialista Pires da Rosa desafiar o presidente da Câmara a «promover uma reunião com os deputados» não esperando por uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) não desejando que qualquer posição, liderada pelo ilhavense Ribau Esteves, presidente da CIRA, se antecipe a uma acção de Aveiro.

Raul Martins, do PS, chegou a apelar a um «levantamento popular, ir lá e destruir aqueles monumentos medievais”. Disse que tinha uma “moto-serra” e quanto a questões judiciais, disse que a Assembleia tem «a advogados que nos defendem».

Pires da Rosa aconselhou Élio Maia a «perder a estribeiras» ou ainda «proibir o trânsito de pesados na 109, concretamente entre Angeja e Cacia.

A indignação instalou-se em parte da Assembleia, embora não se tenha registado intervenções neste sentido por parte das bancada do CDS-PP, PCP e Bloco de Esquerda, embora se tenha constatado que Aveiro será o município mais prejudicado do país, com um plano governamental de portagens dentro da malha urbana de Aveiro.

Pires da Rosa lançou a ideia de «abanar o pórtico a ver se cai, qualquer dia é isso que acontece». Capão Filipe, presidente da Mesa da Assembleia disse que concerteza «haverá um ‘Verão quente’, a história repete-se».

Manuel Coimbra, do PSD, está convencido que na A-25 não haverá portagens». Mostrou-se s. «descansado que haverá razoabilidade, se não serão tomadas medidas não enquadradas nos cânones mais democráticos».

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind