Sábado, 17 de Novembro de 2018  Desportos   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Ex-dirigentes acusados de bloquear o clube
2009/10/09

Segundo o site do Beira-Mar, os anteriores dirigentes do clube Artur Filipe e José Cachide faltaram à reunião promovida pelo Conselho Geral esta terça-Feira e não cancelando as penhoras, bloquearam o clube.

A Assembleia geral desta quinta-feira marcou o fim da Comissão Administrativa, que era liderada por mano Nunes e o Presidente da Mesa da Assembleia Geral teve que assumir a gestão do clube.

Artur Moreira espera que as suas funções não sejam «para nomear uma comissão liquidatária, o que seria o fim do clube”, declarou.

Os trabalhos da Assembleia continuam no próximo dia 20.

Segundo o Presidente da Mesa da Assembleia Artur Moreira, a ausência de Artur Filipe e José Cachide na reunião do Conselho Geral da passada terça-Feira, que era «fundamental para a resolução do impasse, tornou a reunião infrutífera relativamente à tentativa de acordo que permitisse o cancelamento das penhoras existentes sobre o património e créditos do clube».

Na Assembleia geral desta quinta-feira, vice-presidente Emídio Martins lamentou as declarações de Artur Filipe ao jornal Record , nas quais «aquele ex-dirigente pôs em causa a honra dos órgãos sociais do clube e as próprias regras da instituição ao justificar as penhoras com o receio da Comissão Administrativa desbaratar o património do clube».

Emídio Martins perguntou: «Este ex-dirigente, que foi presidente do clube, não sabe que só a Assembleia Geral é que tem poderes para decidir a alienação de património?».

Para Artur Moreira o ex-dirigente «prefere falar noutros locais em vez de dialogar com os órgãos do clube” e solicitou aos membros da Comissão Administrativa que estes se mantivessem em funções até ao próximo dia 16. No entanto, os vice-presidentes Jorge Santos e Nuno Barata mostraram a sua indisponibilidade para continuar em funções, fazendo cair a Comissão Administrativa.

Na opinião de Jorge Santos, “os ex-dirigentes estão a gozar connosco” e “por todas as razões que já foram invocadas, não existem condições para continuar”, frisou aquele dirigente, agastado com a postura das "pessoas que parecem querer o fim do clube".

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind