Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Imóveis em leilão dia 10
2007/11/03

A Luso-Roux, uma empresa de «Leiloeiros peritos e avaliadores» faz um leilão de imóveis no próximo dia 10, no Centro Cultural e de Congressos, com início marcado para as 15 horas. Vão a leilão 63 apartamentos, cinco lojas e cinco garagens, três escritórios, uma garagem, loja e armazém, terreno agrícola, lote, prédio rústico, um armazém, pavilhão e um prédio urbano, noticia o Diário de Aveiro.

«Alexandre Menezes, da Luso-Roux, disse ontem ao Diário de Aveiro que espera vender, pelo menos, 70 por cento da oferta em leilão, aliás como tem acontecido nos leilões realizado no Porto e Lisboa.

Em Aveiro, é a primeira vez que a empresa faz um leilão de imóveis, experimentando o mercado, apresentando imóveis localizados em Albergaria-a-Velha, Santa Maria da Feira, Anadia, Aveiro, S. João da Madeira, Mealhada, Sever do Vouga, Arganil, Cantanhede, Condeixa-a-Nova, Antanhol, Lousã, S. Julião da Figueira da Foz, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Santo André, Castro d’Aire, Currelos, Lamego, São Pedro do Sul, Santa Comba Dão, Rio de Loba e Orgens.

Trata-se de imóveis que são propriedade, na totalidade, da Caixa Geral de Depósitos, que deixam de necessitar de um apartamento ou resultam da posse de um imóvel de clientes da instituição bancária, por incumprimento do pagamento da prestação bancária de um imóvel adquirido através de crédito

Aliás, a empresa faz um leilão por mês, de cada vez com uma instituição bancária diferente mas é a primeira vez que o faz em Aveiro, porque tem feito no Porto e Lisboa, um por mês.

A empresa que faz o leilão também faz de intermediário com instituições de crédito caso haja necessidade de crédito. Alexandre Menezes chama a atenção para uma regra que decorre da arrematação do imóvel. De imediato terá de ser pago um sinal, que pode ser perdido caso se verifique, posteriormente, que o cliente não tem condições para assumir um crédito.

O sinal varia entre os 1750 euros e os cinco por cento do valor do imóvel. (Diário de Aveiro) - notícia não acessível on line

Enviar por email  Imprimir
Vasco
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind