Terça-feira, 13 de Novembro de 2018  Desportos   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Diogo Carvalho Olímpico
2007/04/12

O nadador do Clube dos Galitos, de Aveiro, Diogo Carvalho, atingiu os mínimos de acesso aos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

A marca foi conseguida com um novo recorde nacional sénior e absoluto estabelecido na prova de 200 metros estilos, durante as eliminatórias do Open de Espanha, que está a decorrer na cidade de Cádis.

O nadador aveirense fez a marca de 2:02,41, melhorando em 39 centésimos de segundo (2:02,80) o máximo de Nuno Laurentino, que datava de Maio de 2002, e alcançou o mínimo de participação em Pequim 2008 (2:03,04).
Diogo Carvalho ficou apurado para a Final A, que se realiza hoje à tarde, com o melhor tempo das eliminatórias. O nadador abdicou da participação nos 100 mariposa para apostar nos 200 metros estilos, aposta que lhe abriu as portas dos Jogos Olímpicos no primeiro ano de sénior.
Diogo Carvalho é o terceiro nadador português a alcançar o acesso a Pequim 2008, depois de Tiago Venâncio (100 e 200 livres) e Pedro Oliveira (200 costas), o terem conseguido durante os Mundiais de Melbourne.
As finais têm início a partir das 17h30 locais (16h30 em Portugal continental).

Em duas semana, Diogo Carvalho alcançou o segundo recorde nacional absoluto da sua carreira no espaço de duas semanas, depois de ter estreado durante os Mundiais de Melbourne, na prova de 200 metros mariposa.

O acesso a Pequim “é um objectivo que concretizei, depois de ter ficado tão perto em Melbourne. Fiquei a dois centésimos nos 200 mariposa e agora consegui concretizar o objectivo nos 200 estilos, para o qual trabalhei muito”, disse ao site da federação.

O nadador contou que “dei o máximo na eliminatória e a prova correu lindamente. Não me senti muito rápido a nadar e espero melhorar a marca na final, embora o meu pico de forma se tenha verificado na Austrália.”

O estudante de medicina conta que “no fim-de-semana, nos Nacionais realizados na Póvoa de Varzim, fiquei a 36 centésimos do mínimo, por isso apostei tudo nesta distância, abdicando dos 100 mariposa.”
Diogo Carvalho garante que vai voltar “a dar o máximo à tarde” e no domingo vai tentar atingir os mínimos nos 200 metros mariposa».

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind