Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Espanhóis querem entrar na concessão do Porto
2007/03/30

A associação das plataformas logísticas da região espanhola de Castela e Leão, «Red Cylog», está interessada em criar parcerias estratégias para a gestão de espaços concessionados nos portos portugueses de Aveiro e Leixões, noticia a Agência Financeira.

«Segundo o presidente da «Red Cylog», Juan Carlos Sánchez-Valencia Diez, disse à margem do I Encontro Hispano-Luso de Logística, que termina esta sexta-feira em Salamanca, Espanha, que essas parcerias são de grande importância para a economia de Castela e Leão.

Actualmente, as empresas de Castela e Leão estão a utilizar, «sem que haja uma explicação lógica» para isso, os portos espanhóis de Barcelona, Valência ou Bilbao, quando, «pelo menos para a zona Oeste» da região, Aveiro e Leixões são alternativas mais inteligentes pela proximidade e facilidade de acesso, explicou o responsável à agência «Lusa».

Em concreto, estão na calha os projectos de exportação de vinhos através do porto de Leixões e a importação de materiais energéticos para a produção de biodiesel pelo porto de Aveiro, sendo estes encarados como «experiências que podem servir de piloto para definir novas ideias», refere o presidente, Sanchéz-Valencia.

A abertura para a entrada de capital espanhol nas concessões a criar no porto de Aveiro existe e o presidente do Conselho de Administração (CA) da estrutura portuária, José Luís Cacho, está mesmo a ser incentivada.

O crescimento esperado para o porto de Aveiro, segundo Cacho, situa-se na duplicação das actuais 3,5 milhões de toneladas em dez anos, contando a administração com a esperada procura espanhola para consolidar a estratégia definida para alcançar esse objectivo.» (Agência Financeira)

Enviar por email  Imprimir
Andamos a brincar
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind