Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018  Negócios   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
 Notícias Anteriores:  últimos 7 dias  |  últimos 30 dias  |  anteriores
Governo garante apoios selectivos para o calçado
2006/11/17

O Governo vai apoiar o sector do calçado com investimentos selectivos orientados para a tecnologia, inovação, continuando a incentivar a promoção internacional na abordagem de novos mercados, anunciou ontem o secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, noticia o Diário de Aveiro.

«Num discurso dirigido aos empresários que participaram na conferência «Internacionalização e competitividade», Fernando Serrasqueiro, deixou a promessa de agir «ao nível da instituições europeias e internacionais na defesa de um ambiente concorrencial saudável». Não deixou, no entanto, de advertir que o sector deve «prosseguir o caminho da qualidade, do design e da criação de valor», apostando em «segmentos de mercados de gamas altas», procurando mercados alternativos e criando redes próprias de distribuição.
Segundo Fernando Serrasqueiro, a tarefa dos empresários do sector «não é fácil» porque, entre outras coisas, tem de enfrentar «uma concorrência aguerrida» em mercados cada vez mais exigentes.
O secretário de Estado respondia assim ao responsável máximo da APICCAPS, Fortunato Frederico, que momentos antes pediu do Governo «políticas públicas estimulantes e abrangentes» que permitam ao sector beneficiar de incentivos no novo quadro de apoios comunitários (QREN). «É indispensável assegurar um contexto de transição nos quadros comunitários sem rupturas e no tempo indispensável para garantir que o capital de resultados até agora conseguido não seja desvalorizado», enfatizou o presidente da associação patronal do sector, que quer contar com o apoio do PRIME. Fortunato Frederico sublinhou, ainda, que as «estratégias ofensivas» que o sector vier a adoptar «não deverão, nunca, impedir» a adopção de uma «posição de grande firmeza no que diz respeito à defesa dos princípios do comércio livre e justo». Deixou ainda a advertência ao comissário europeu Peter Mandelson, para que a nova política comercial da União Europeia «não conduza a novas concessões unilaterais».
Esta conferência que decorreu no Centro Tecnológico do Calçado (CTC), em S. João da Madeira, que este ano assinala o seu vigésimo aniversário, surge «num momento particularmente decisivo para o futuro da indústria» do calçado e realiza-se após um período de reflexão interna que Fortunato Frederico quer ver, agora, alargado.
Esta conferência serviu para apresentar o programa que a APICCAPS definiu para preparar o Plano Estratégico da indústria portuguesa do calçado para 2007/2013.

Enviar por email  Imprimir
ÒuvidÓ na TV
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind