Domingo, 19 de Novembro de 2017  Home   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
Fractura
2006-10-4

Os corredores da conspiração agora também são as auto-estradas da informação para a circulação em variados formas e meios. Dantes, era apenas a conversa pessoal, depois o telefone, telemóvel e mais recentemente o correio electrónico e o messenger. Manuel Prior, do PSD segundo secretário da Mesa da Assembleia Municipal de Aveiro foi apanhado na última reunião.

O socialista Raul Martins, presidente da concelhia do PS/Aveiro, disse que Manuel Prior lhe dirigiu e-mails sobre os vereadores do PP, o partido minoritário da coligação com o PSD, que governa a Câmara. Disse a todos durante a reunião da Assembleia Municipal. Manuel Prior acabou apanhado quando pensava que encostava Raul Martins à parede. Enganou-se. Desafiava Raul Martins a dizer quem lhe passou um artigo de  opinião de Carlos Santos, antes de ser publicado. Raul Martins disse que só fazia a revelação se Manuel Prior o deixasse dizer o que lhe escreveu sobre Capão Filipe e Jorge Greno. Prior ficou mudo e o silêncio comprometeu-o.

Se a coligação sai muito ou pouco fragilizada dependerá do tipo de referências, que não serão de elogio, que são feitas aos dois vereadores mas será sempre uma pedra na engrenagem da máquina social-democrata e uma fractura na coligação.

Em campanha para as autárquicas que a coligação venceu, Manuel Prior participou de forma intensa, sendo uma das figuras, embora de segundo plano, mais próximas de Ulisses Pereira, o mentor da escalada de ataque á maioria socialista, que acabou derrotada em 2005, depois de governar durante dois mandatos consecutivos.
A confiança ficou seriamente comprometida.

João Peixinho

Enviar por email  Imprimir
ROBOTS
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind